3 de fevereiro de 2017

Pastor preso por estupro usava sobrinha como para atrair suas vítimas




Pelo menos quatro crianças de 8 e 9 anos foram abusadas, diz SSPDS.
Crimes eram cometidos há cerca de dois meses em Sobral, no Ceará.

Um pastor evangélico foi preso terça-feira (31 Jan) suspeito de abusar sexualmente de quatro crianças de oito e nove anos de idade em Sobral, no Ceará. Uma das vítimas é a sobrinha do suspeito, que era usada para atrair outras crianças, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Conforme a delegada Adriana Savi, titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Sobral, as investigações começaram no início deste mês quando a Polícia foi acionada por meio do Conselho Tutelar para investigar uma denúncia de abuso sexual. Os policiais iniciaram as investigações e identificaram as vítimas. As crianças foram submetidas a exames psicológicos e exames de corpo de delito, que comprovaram os abusos.



Ainda segundo Adriana, os crimes eram cometidos há cerca de dois meses, e o homem utilizava a sobrinha, que também era vítima, para atrair as outras crianças. "Os familiares das crianças não desconfiaram do pastor, por serem fiéis dele. Além disso, ele utilizava a sobrinha dele como 'isca' para atrair outras crianças sobe o pretexto delas brincarem juntas", disse a delegada.

O homem foi preso no momento em que se dirigia para a delegacia, a fim de receber informações referentes a um boletim de ocorrência por furto e arrombamento de residência. O pasto não sabia que contra ele já existia um mandado de prisão. Ele foi detido e interrogado, mas negou os abusos.

A delegada acrescentou que as investigações continuam para juntar mais provas dos crimes e tentar descobrir se existem outras vítimas. "Eu peço aos pais que tenham atenção com o comportamento dos seus filhos. As crianças costumam dar sinais quando estão sendo vítimas de abusos. O principal deles é apresentar um comportamento erotizado", finalizou a delegada.

Assista a reportagem:

Via G1


Compartilhe com seus amigos: